Saiba como escolher o peixe do almoço da Semana Santa

0
126

No período em que, tradicionalmente, o pescado é o grande protagonista das refeições em família, a oferta do produto é intensificada nos mercados e feiras de Parauapebas. Para garantir a saúde e qualidade da alimentação na Semana Santa, porém, é preciso atenção a alguns aspectos importantes na escolha do pescado.

Sempre que vai à feira escolher um peixe, os comerciantes, lembram as orientações aprendidas ainda na infância, quando acompanhava os pais. “Eles me ensinaram que as guelras têm de estar vermelhas e a verificar a textura da carne também. Se apertarmos o dedo e ficar a marca no peixe, é porque não está bom”, revela um dos comerciantes.

Professora da faculdade de nutrição da Universidade Federal do Pará (UFPA) Vanessa Lourenço reforça a dica. Ela destaca que outros aspectos importantes precisam ser observados no momento da escolha do peixe. Características como a coloração, o cheiro, a textura da carne e as condições dos olhos e guelras do animal podem indicar se o peixe está ou não fresco e próprio para o consumo. “Os olhos precisam estar bem úmidos, as guelras, avermelhadas, e a carne, firme”.

Se o inverso dessas orientações for observado – carne esfarelando, guelras escuras, olhos opacos e secos – o risco é de o pescado já estar em deterioração.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui