A Associação Central dos Moradores dos Bairros Jardim Ipiranga e Tropical I e II (A.C.M.B.JIT) reuniu-se com a diretoria e engenheiros do SAAEP (Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto de Parauapebas) para debater questões sobre a falta de água nos bairros. A assembleia realizada na Igreja Católica Sagrada Família, no bairro Jardim Ipiranga, contou com dezenas de famílias e representantes da comunidade na noite da última quinta-feira, 14.

Segundo os moradores, há cinco meses o abastecimento de água está sendo realizado por caminhões pipa, pois os poços e a represa, que geravam água para estes bairros, secaram após o início das obras da ferrovia da Vale.

O presidente da Associação, Girlan Pereira, parabenizou Francisquinha Vieira que segundo ele, foi a primeira diretora do SAAEP a ouvir a comunidade e marcar a reunião com prioridade para debater sobre a problemática. “O SAAEP estava na reunião passada e sabemos que a resolução do problema depende de outros órgãos do governo como o setor de licitação, Secretaria de Fazenda e o gabinete do prefeito”, contou. E concluiu dizendo que “na reunião de hoje esperamos que eles apresentem esse projeto e que ele seja viabilizado de forma emergencial”.

O vereador Pavão também esteve presente na reunião, e garantiu que dará prioridade a situação e resolverá o problema junto com a autarquia. “Nós pedimos a convocação de uma Comissão Especial do Ramal Ferroviário para fazer um levantamento geológico hídrico, para averiguar se as explosões do ramal ferroviário foram a causa da escassez de água na lagoa”, disse o vereador.

Há três meses Francisquinha Vieira assumiu a diretoria executiva do SAAEP, e há sessenta dias já começou a trabalhar nos projetos para solucionar a falta de água nos bairros Jardim Ipiranga e Tropical I e II, o caso é prioridade em sua gestão. Segundo a direto a pauta da reunião foi apresentar o projeto básico da nova captação e rede de distribuição para atendimento da população local. “Nossos técnicos estão a dois meses na elaboração desse projeto com balsa de captação, a instalação da rede e a localização da captação, terminou esse projeto e nós apresentamos ele ao prefeito e hoje os técnicos estão explicando passo a passo para a comunidade como vai ser realizado”, explicou Francisquinha.

O SAAEP apresentou para a população o projeto base e executivo para implantação da obra em andamento. O projeto será encaminhado para licitação e agendará os prazos para o início das obras. A coordenação do grupo de engenharia da autarquia apresentou em slides as etapas do projeto e como será o funcionamento nova captação de água prevista para ser feita nos bairros. Ao final da reunião a comunidade tirou suas dúvidas, argumentou e debateu com o SAAEP sobre o assunto em assembleia pacifica e democrática.

 

Samara Batista -Jornalista DRT: 2787/PA – Da redação

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here