Moradores do bairro Casas Populares I, tiveram prejuízos com a oscilação de energia e queda de um raio em uma torre durante temporal na noite desta terça-feira (20). Alguns aparelhos eletrônicos acabaram queimados por causa da queda de energia.

“Em minha residencia queimou a geladeira, roteador, televisão, receptor da SKY, lampadas e ainda levei uma descarga elétrica, pois no momento em que o raio atingiu a torre que fica ao lado de casa, estava mexendo no aparelho celular que estava sendo carregado” destaca Josean Brito, popularmente conhecido como Chocolate.

Outros vizinhos de Chocolate também tiveram  aparelhos queimados em decorrência do raio. “Quando notei a descarga elétrica, desliguei todos os aparelhos. Mas pela manhã, alguns aparelhos não ligaram mais”, disse Mario Santana.

O Procon orienta, que em casos como esses, os consumidores que se sentirem prejudicados, devem entrar em contato com a empresa de energia para providências. Caso não seja resolvido o problema, o consumidor deve procurar o órgão.

De acordo com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica),  independente de culpa ou dolo, a empresa responde nesses casos. O consumidor tem até 90 dias para procurar a empresa, podendo ser pelo 0800 ou até mesmo diretamente na sede da concessionária. A empresa tem até 10 dias para verificar o que aconteceu, para constatar se houve mesmo essa queda de energia. Após essa verificação, ela tem até 15 dias para dar uma resposta para o consumidor, que pode ser ressarcimento, troca ou conserto do aparelho. Caso o problema não seja solucionado entre consumidor e empresa, o consumidor deve procurar o Procon.

A reportagem do Portal Noticias de Parauapebas entrou em contato com a Assessoria de comunicação da Rede Celpa, que emitiu a seguinte nota, confira na integra.

NOTA // RESSARCIMENTO DANOS ELÉTRICOS

A Celpa informa que os consumidores podem fazer a solicitação de ressarcimento por danos em aparelhos elétricos por meio do número 0800 091 0196, no site da Celpa, www.celpa.com.br ou ainda em uma agência de atendimento. A partir da solicitação, a empresa verifica se houve alguma ocorrência no sistema elétrico que possa ter causado o dano e avalia a pertinência do pedido de ressarcimento. O consumidor tem até 90 dias da data provável do dano para fazer a solicitação junto a distribuidora.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here