Queda: Parauapebas cai no ranking de melhores cidade para se investir, mas continua dentre as 100

1320

Apesar da crise que aflora todo o Brasil, Parauapebas não poderia ficar de lado, pois, seu principal produto de comercialização é o minério de ferro e o mesmo vem sofrendo com a baixa de valor no cenário mundial.

A consultoria Prospecta Inteligência Imobiliária, em uma pesquisa que visa mostrar as melhores cidades para investir em imóveis no Brasil. A consultora analisou todos os municípios do Brasil que tem menos de um milhão de habitantes e foram detalhados as características e demanda de cada uma.

Parauapebas que em 2010 chegou ao 6° lugar, e já no inicio deste ano chegou a ficar na 70° posição, e neste mês de setembro apareceu na 83° posição na pesquisa realizada pela revista EXAME, desta forma Parauapebas continua dentre as 100 cidades do Brasil, de melhor investimento em imóveis.

No Pará a única cidade a frente de Parauapebas é a cidade de Ananindeua que ficou na 64° posição, e outro dado importante, dentre as 100 cidades, Parauapebas é a mais nova com 27 anos.

 

Confira a lista das 100 melhores cidades:

 

1º lugar: São Bernardo do Campo (SP)
2º lugar: Natal (RN)
3º lugar: Niterói (RJ)
4º lugar: João Pessoa (PB)
5º lugar: Santo André (SP)
6º lugar: Florianópolis (SC)
7º lugar: São José dos Campos (SP)
8º lugar: Uberlândia (MG)
9º lugar: Santos (SP)
10º lugar: Campo Grande (MS)
11º lugar: Osasco (SP)
12º lugar: Aracaju (SE)
13º lugar: Ribeirão Preto (SP)
14º lugar: Sorocaba (SP)
15º lugar: Vitória (ES)
16º lugar: Contagem (MG)
17º lugar: Joinville (SC)
18º lugar: Londrina (PR)
19º – Teresina (PI)
20º lugar: São José do Rio Preto (SP)
21º lugar: Vila Velha (ES)
22º lugar: Caxias do Sul (RS)
23º lugar: Maringá (PR)
24º lugar: Cuiabá (MT)
25º lugar: Juiz de Fora (MG)
26º lugar: Nova Iguaçu (RJ)
27º lugar: Duque de Caxias (RJ)
28º lugar: Jundiaí (SP)
29º lugar: Porto Velho (RO)
30º lugar: Jaboatão dos Guararapes (PE)
31º lugar: Piracicaba (SP)
32º lugar: Palmas (TO)
33º lugar: Feira de Santana (BA)
34º lugar: Olinda (PE)
35º lugar: Diadema (SP)
36º lugar: Serra (ES)
37º lugar: São Caetano do Sul (SP)
38º lugar: São José (SC)
39º lugar: Macapá (AP)
40º lugar: Aparecida de Goiânia (GO)
41ºlugar: Barueri (SP)
42º lugar: Bauru (SP)
43º lugar: Blumenau (SC)
44º lugar: Santa Maria (RS)
45º lugar: Uberaba (MG)
46º lugar: Mogi das Cruzes (SP)
47º lugar: São João de Meriti (RJ)
48º lugar: Taubaté (SP)
49º lugar: Betim (MG)
50º lugar: Campos dos Goytacazes (RJ)
51º lugar: Carapicuíba (SP)
52º lugar: Franca (SP)
53º lugar: São José dos Pinhais (PR)
54º lugar: Mauá (SP)
55º lugar: Taboão da Serra (SP)
56º lugar: São Vicente (SP)
57º lugar: Santana de Parnaíba (SP)
58º lugar: Belford Roxo (RJ)
59º lugar: Cotia (SP)
60º lugar: Presidente Prudente (SP)
61º lugar: Novo Hamburgo (RS)
62º lugar: Parnamirim (RN)
63º lugar: Canoas (RS)
64º lugar: Ananindeua (PA)
65º lugar: Sumaré (SP)
66º lugar: Jaraguá do Sul (SC)
67º lugar: Cascavel (PR)
68º lugar: Valinhos (SP)
9º lugar: Praia Grande (SP)
70º lugar: Rio Branco (AC)
71º lugar: Camaçari (BA)
72º lugar: Itajaí (SC)
73º lugar: Paulista (PE)
74º lugar: Balneário Camboriú (SC)
75º lugar: Indaiatuba (SP)
76º lugar: Suzano (SP)
77º lugar: Sete Lagoas (MG)
78º lugar: Petrópolis (RJ)
79º lugar: Anápolis (GO)
80º lugar: Ipatinga (MG)
81º lugar: Americana (SP)
82º lugar: Volta Redonda (RJ)
83º lugar: Parauapebas (PA)
84º lugar: Ponta Grossa (PR)
85º lugar: Montes Claros (MG)
86º lugar: São Leopoldo (RS)
87º lugar: Boa Vista (RR)
88º lugar: Marília (SP)
89º lugar: Ribeirão das Neves (MG)
90º lugar: Pelotas (RS)
91º lugar: Lauro de Freitas (BA)
92º lugar: Guarujá (SP)
93º lugar: Nilópolis (RJ)
94º lugar: Mossoró (RN)
95º lugar: Divinópolis (MG)
96º lugar: Campina Grande (PB)
97º lugar: Caruaru (PE)
98º lugar: São Carlos (SP)
99º lugar: Valparaíso de Goiás (GO)
100º lugar: Rio Fortuna (SC)

 

Texto: Josélio Martins

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here