Preso, Lula conseguiu arrecadar R$ 140 mil para campanha eleitoral em 5 dias

0
689

Em menos de uma semana, a pré-campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguiu arrecadar cerca de R$ 140 mil em um site criado para este fim. Preso e sem a garantia de ter o aval do Tribunal Superior Eleitoral para concorrer, já que possui uma condenação em segunda instância, o petista angariou o apoio virtual de mais de 1.480 doadores.

As chamadas vaquinhas virtuais estão permitidas desde o dia 15 de maio, mas a do PT para Lula foi lançada na última quarta-feira (6). Nela, o petista se apresenta como preso político e pede que os apoiadores convidem suas famílias a contribuir. Até a manhã desta segunda-feira (11), o valor constante do site era R$ 138.039,47.

O site de arrecadação de Lula permite a doação de valores fixos de R$ 10, R$ 50, R$ 100, R$ 200, R$ 500, R$ 1.064 ou qualquer outro valor.

A maioria dos apoiadores tem optado por doar via cartão de crédito, opção que cobra uma taxa de 8% sobre o valor doado, assim como o débito. Já pelo boleto, o financiador de campanha paga R$ 5,89 mais 4% da quantia repassada.

A pré-candidatura de Lula foi lançada oficialmente na sexta-feira (8) em Contagem, na Região Metropolitana de BH. Na véspera, o petista apresentou um vídeo com um jingle que pede a sua liberdade e o apresenta como “solução” para problemas do governo Michel Temer.

A música diz “chama que o homem dá jeito” enquanto são mostradas imagens de portas de empresas fechando e da greve dos caminhoneiros. Na sequência, aparece trecho do discurso de Lula em São Bernardo do Campo (SP) antes de se entregar à Polícia Federal.

Neste fim de semana, o PT reforçou que vai registrar a candidatura de Lula em 15 de agosto e entrará com ações para garantir a ele o direito de dar entrevistas. (Estado de Minas)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui