Prefeitura de Parauapebas faz pesquisa sobre saneamento básico do município

Texto: Hanny Amoras

0
261

Quem melhor que a própria população para dizer quais são os problemas de saneamento na cidade e o que precisa ser feito para mudar a realidade? Ciente disso, a Prefeitura de Parauapebas está disponibilizando consulta pública, para conhecer a realidade do saneamento básico no município. À frente do trabalho a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplan) e a Coordenadoria Municipal de Projetos Especiais, Captação de Recursos e Gestão de Convênios.

A consulta será por meio do site oficial da prefeitura (www.parauapebas.pa.gov.br), mas os moradores de Parauapebas já podem responder ao questionário, e para isso basta acessar o link bit.ly/2gSJiS2.

Quem preferir poderá relatar os problemas pelo e-mail san.basico@parauapebas.pa.gov.br. A prefeitura quer saber, principalmente, sobre os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos, e de que forma os problemas impactam nas condições de vida das famílias. O questionário será aberto ao recebimento de sugestões e críticas, para melhoria dos serviços.

O cidadão também poderá participar pessoalmente da consulta pública, dirigindo-se a dois pontos onde serão disponibilizados questionários impressos: na recepção da Seplan, localizada no Centro Administrativo da Prefeitura de Parauapebas, e na recepção da Câmara de Vereadores.

Com o retrato da situação de saneamento em Parauapebas, a prefeitura espera aumentar e incentivar a população nas tomadas de decisões para a formulação da Política Pública Municipal e a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, conforme fixado pela Lei Federal nº 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico.

Com base também nas informações da população, serão detectadas as deficiências e propostas soluções para as necessidades da população e dos bairros de Parauapebas. “Por isso, é muito importante que todos participem, contribuindo na construção do diagnóstico do setor para que a Prefeitura de Parauapebas possa formular uma política pública específica para o município e também elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico de Parauapebas”, assinala Cleverland Araújo, coordenador municipal de Projetos Especiais, Captação de Recursos e Gestão de Convênios.

Como parte da elaboração do plano municipal, no próximo dia 17 será realizada audiência pública para apresentação do diagnóstico dos serviços relacionados ao saneamento básico em Parauapebas. Será no auditório do campus do Instituto Federal do Pará (IFPA).

AGENDA ONU 2030

No Plano de Saneamento, constarão os objetivos, metas, programas, projetos e ações de curto, médio e longo prazos a serem executados em um prazo de 20 anos. Também serão definidas ações para emergências e contingências bem como mecanismos e procedimentos que devem ser criados para que o sistema seja eficiente e econômica e ambientalmente sustentável.

O secretário de Planejamento, João Corrêa, explica que no Plano Municipal de Saneamento Básico a prefeitura estabelecerá diretrizes alinhadas aos objetivos e metas definidos pela Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU). A agenda apresenta o que é chamado de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aprovados por unanimidade por 193 Estados-membros da ONU, reunidos em assembleia geral. O objetivo é resolver as necessidades das pessoas tanto nos países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento, enfatizando que ninguém deve ser deixado para trás.

 

SERVIÇO: Acesse o questionário para conhecimento da realidade do saneamento básico em Parauapebas pelo link bit.ly/2gSJiS2. E dê sua contribuição.

Ou envie diretamente para o e-mail: san.basico@parauapebas.pa.gov.br

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here