Preço pode deixar torcedor do PSC sem nova camisa

782

O preço da nova camisa do Paysandu tem dado o que falar. Com um aumento de R$ 40 reais, os torcedores já podem adquirir o novo uniforme do time e a novidade tem causado polêmica.

Este ano, o uniforme 1 estará custando R$ 220,00 para Sócio Bicolor, Sócio Proprietário e Sócio Remido e R$ 240,00 para não Sócio. Em 2014 a camisa custava R$ 179, 90.

Fazendo uma comparação com a cesta básica dos paraenses que custa R$ 314,89, de acordo com o estudo feito pelo Departamento Intersindical de Estática e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em fevereiro, o novo manto bicolor gerar prejuízos no orçamento das famílias dos bicolores.

“Achei caro e ainda não pretendo comprar, pois falta pagar uma parcela da camisa do centenário. Esse valor acaba atrapalhando quem quer acompanhar o Papão nos jogos, pois o torcedor fica “meio que afastado” do estádio, os ingressos para quem não é sócio torcedor é caro também”, disse o estudante Fabrício Mesquita. O torcedor ainda acrescentou que não pretende adquirir o novo uniforme por enquanto, por medo que lancem uma nova camisa.

O Paysandu informou que o preço do uniforme para venda é determinado pela fabricante Puma, que reajustou o valor como de todas as camisas confeccionadas pela marca.  O torcedor do Papão paga o mesmo preço, por exemplo, que os do Atlético-MG, Botafogo e Goiás-GO, que é estipulado pela Puma. O clube mão tem gerência sobre a determinação comercial do valor.

O Sócio Bicolor, Luiz Andrade, também reclamou do preço da camisa, principalmente por que já paga uma mensalidade no programa para o PSC.

“Eu como Sócio Bicolor esperava um desconto maior. Sei de todo o planejamento e organização que o clube está buscando e sinceramente espero que assim como a nova camisa e os elevados valores dos ingressos, sejam para formar um bom plantel para a Série B”, analisou.

Luiz conta ainda que faz uma programação no seu orçamento mensal para esse tipo de evento, como a compra do novo uniforme.

“Vou em todos os jogos e além da minha mensalidade de R$ 50 vou me programar para comprar a nova camisa, mas e o torcedor que não é sócio, que ganha um salário mínimo e quer muito a nova camisa? Vai ficar de fora?”, questionou.

(DOL)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui