Pescador encontra corpo em estado de decomposição no Rio Parauapebas

Caetano Silva da redação do Portal Noticias de Parauapebas

0
3576
Cleidimar Rodrigues de Oliveira, 36 anos de idade, que estava desaparecido desde o dia 30 de março, quando embriagado banhava no Rio Parauapebas, na altura do bairro Liberdade, onde teria sido visto pela última vez na companhia de um amigo, foi encontrado por um pescador boiando nas águas do rio na região do Assentamento Carlos Fonseca localizado há 22 quilômetros do centro da cidade.
O achado se deu por volta das 9h00, da manhã de terça-feira, 03,  pelo colono e pescador Odair José, residente na associação dos produtores rurais Carlos Fonseca, que teria saído de casa para pescar instante em que se deparou com o corpo encalhado do outro lado da margens do rio.
Após constatar que se tratava de um corpo o pescador acionou a Polícia e o Corpo de Bombeiros e por volta das 12h00, uma equipe do Corpo de Bombeiros comandada Sargento BM Rilson Mourão, realizou o  resgate  do corpo da vítima, “O trabalho de resgate foi feito a nado, devido a falta de uma lancha adequada para o serviço e o corpo estava a 50 metros na outra margem do rio, devido a distância para retornarmos a cidade para buscar um barco resolvemos realizar o regate dessa forma, o que foi bem sucedido” explicou o BM.
Depois do resgate, o cadáver que se encontrava em adiantado estado de decomposição  foi encaminhado para pela equipe do IML para exame de necropsia no Centro de Perícia médica Renato Chaves de Parauapebas.
No local aparentemente não foi observado no corpo da vítima nenhum sinal de agressão,  entretanto o delegado plantonista Fabrício Andrade solicitou exames detalhado para saber se Cleidimar Oliveira foi vítima de afogamento ou de homicídio.  O resultado do IML sairá em 30 dias.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui