O fim da obrigatoriedade do uso de extintores do tipo ABC em veículos particulares está deixando os comerciantes do setor no prejuízo. É que, por decisão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o uso desse equipamento tornou-se opcional. No entanto, esse tipo de extintor continua sendo exigido para o transporte de passageiros, caminhões, micro-ônibus e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis.

Por causa da então obrigatoriedade, muitos consumidores, com medo de ser multados, foram atrás do equipamento. Essa corrida provocou a falta do extintor ABC.

Em setembro do ano passado, o Contran decidiu tornar opcional o uso do extintor de incêndio para automóveis – ou seja, a falta do equipamento não mais será considerada infração nem resultará em multa. Segundo o Contran, o uso do equipamento só será obrigatório para veículos utilizados para transporte de passageiros, caminhões, micro-ônibus e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis.A medida foi divulgada pouco antes de começar a valer a obrigatoriedade dos extintores do tipo ABC, prevista para o dia 1º de outubro de 2015.