Parauapebas: Ladrão é preso após furtar caminhoneiro

0
357

O Sargento PM Vanderlan e soldado PM Leal, realizavam ronda de rotina nas imediações do posto fiscal as margens da PA- 275, na VTR – 2307, quando foram abordados por cidadão informando que havia acabado de ser furtado por um individuo moreno usando camisa e short azul e que o mesmo havia corrido no sentido do bairro Novo Brasil.

Minutos depois a guarnição prendeu o acusado e recuperou a carteira porta cédula com todos os documentos e o dinheiro da vítima.

A prisão se deu por volta de 00h30 da manhã de sábado 30, e logo em seguida o ladrão foi apresentou na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Parauapebas, trata-se o homossexual Valdivino Silva, 28 anos de idade, natural de Miranda do Norte, (MA).

Pedro Paulo do Espírito Santo, auxiliar de motorista residente em Ananindeua (PA), contou para reportagem que chegaram na cidade e após realizarem as entregas encostaram nas proximidades do posto fiscal, no bairro Novo Brasil, em Parauapebas, para pernoitar e como ele é responsável pela carga, o mesmo dorme dentro do baú do caminhão, porém naquela madrugada a coisa foi diferente, Ele acordou com um ladrão dentro do baú onde dorme.

“Acordei atordoado e perguntei o que ele estava fazendo ali, o mesmo respondeu que tinha sido uma menina que havia mandado ele lá pra ver se eu queira fazer programa. Respondei que não estava afim, e só alguns minutos depois foi que lembrei da minha carteira porta cédula, pois costumo colocar a mesma dentro de uma caixa e quando procurei já não estava mais, então chamei o motorista e com ajuda de um frentista daquele posto de combustível passamos a procurar pelo ladrão”, salientou a vítima acrescentando que naquele exato momento passou no local uma viatura da PM e informados do ocorrido fizeram buscas na área entre os caminhões estacionados e prenderam o acusado ainda com o dinheiro levado da vítima, já a porta cédula com os documento o mesmo havia jogado debaixo de outro caminhão estacionado no local.

Também ouvido pela reportagem o acusado justificou que havia pego a bolsa de seu cliente por que o mesmo teria mandado ele buscar uma garota de programa e quando retornou Pedro Paulo não quis mas. “Eu não roubei, como ele bancou sacana comigo eu peguei a carteira dele e ele ainda queria me espancar” ressaltou.

Perguntado ao acusado o que ele fazia para sobreviver Valdivino Silva disse que só está na cidade de Parauapebas há 22 dias e que vive da prostituição, ele também confessou que já puxou cadeia em sua cidade natal pelo mesmo crime de furto.

(Caetano Silva)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.