Parauapebas: Homem é morto e dois ficam baleados no Balneário da Fia

0
457

 

A  Polícia Civil do município de Parauapebas abriu inquérito policial para apurar a morte do soldador Márcio Ribeiro da Silva, mais conhecido por “Lamina”, de 33 anos de idade, natural de Imperatriz Maranhão, que residia na rua N 267, bairro União, em Parauapebas, morto com vários tiros de pistola 380, quando se encontrava no interior do clube de festa denominado “Balneário da Fia”, localizado na Rua três, as margens do Rio Parauapebas, bairro Cidade Nova.
Segundo levantamentos realizados no local do crime Márcio Ribeiro, se encontrava no interior do clube em uma mesa ingerindo bebida alcoólica e dançando junto com outras pessoas quando foi surpreendido por dois homens ainda não identificados pela polícia, que ao se aproximarem da vítima efetuaram cerca de 20 tiros dos quais 10 atingiram a vítima.

De acordo com as primeiras informações repassadas ao investigador Pedrão, era por volta das 3h30 da madrugada de sábado (06) quando os dois desconhecidos que desde cedo se encontravam na festa teriam saído lá fora ao retornarem armados teriam sido barrados pelos seguranças da portaria, instante em que os dois desconhecidos sacaram as armas da cintura e teriam forçado a entrada no local  dizendo que eram policiais.

Já dentro do recinto os pistoleiros se dirigiram até Márcio Ribeiro e disparam contra o mesmo. Outra duas pessoas foram baleadas, uma no pé e outra na perna. Várias pessoas inclusive os seguranças do clube foram ouvidos em depoimento.

A polícia ainda não tem uma linha de investigação montada, entretanto cogitasse crime por acerto de contas.

Após o crime a dupla deixou o local de arma empunho e em seguida se evadiram do local em uma moto Honda FAN preta, que estava com a placa dobrada.

Caetano Silva – Da redação do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui