Parauapebas: Homem comete suicídio e deixa carta pedindo aos políticos igualdade de direitos entre pobres e ricos

0
356

O feriado municipal do dia de São Sebastião, padroeiro do município de Parauapebas, ocorrido nesta terça-feira (20), foi marcado por um suicídio que chocou várias pessoas, principalmente populares que residem na “Área do Linhão”, ocupada por populares que não tem onde morar e acharam por lá uma oportunidade de construírem suas casas, mesmo que de forma irregular.

Um homem que tinha 24 anos de idade, era casado, morava na “invasão da área do Linhão” e com prenome de Rodrigo, cometeu suicídio e em forma de protesto contra políticos, deixou uma carta em sua casa. No conteúdo, o jovem pediu desculpas aos familiares, perdão à Deus e fez um apelo para que os políticos “pudessem ver o mal que eles fazem” e pediu mais igualdade entre ricos e podres.

Veja a carta deixada por Rodrigo, um jovem batalhador que trabalhava em uma empresa que vende materiais de construções em Parauapebas

IMG-20150121-WA0004

Os moradores da “Área do Linhão”, onde Rodrigo morava com sua esposa, desde o final de semana passada estão realizando uma série de reivindicações contra a mineradora Vale a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Habitação (SEHAB), pedindo melhores condições de moradia, tendo em vista que eles terão que desocupar a área onde moram e alegam que não têm pra onde irem.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.