Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Notícias Destaques Parauapebas Futebol Clube vai participar do “Banparazão 2018"

Parauapebas Futebol Clube vai participar do “Banparazão 2018″

Representantes do Governo do Estado, de clubes, da Federação Paraense de Futebol e Cultura Rede de Comunicação assinaram na manhã desta segunda-feira (8), no Palácio do Governo, o contrato para a realização do Parazão 2018. Serão mais de R$ 6 milhões investidos no “Banparazão 2018.
O Banparazão 2018 começa no dia 13 de janeiro, com a partida Águia x Castanhal, em Marabá, e Independente x Paragominas, em Tucuruí. Ao todo, dez clubes disputam a competição: Águia de Marabá, Bragantino, Cametá, Castanhal, Independente de Tucuruí, Paragominas, Parauapebas, Paysandu, Remo, São Raimundo de Santarém.
Assim como no ano passado, o campeonato levará o nome do Banco do Estado do Pará (Banpará), instituição financeira que vem garantindo a realização evento, com R$ 3.400.800,00 investidos. O apoio foi ratificado por meio da Casa Civil da Governadoria, Banpará, Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e Rede Cultura, na presença do governador Simão Jatene.
Há oito anos, o Governo do estado garante a realização do campeonato, que terá a participação de 10 times, sendo oito do interior e dois da capital. “Esse evento é um esforço cada vez maior de dar dinamismo ao nosso esporte, fazendo do futebol uma ferramenta de integração do estado. Isso contribui para que o Pará se conheça melhor, para que as torcidas possam se confraternizar. Essa integração dá toda a grandeza e todo o simbolismo para esse momento. Mesmo com a crise, estamos fazendo esforço para manter o apoio e utilizar o esporte como esse elemento que une os times de todas as regiões do Pará”, pontuou o governador Simão Jatene.
*Transmissão*
Pelos direitos de transmissão exclusiva do evento, a TV Cultura do Pará vai destinar R$ 2.956.800,00. Desse total, 20% serão utilizados para premiar os melhores do campeonato. Cento e quinze municípios poderão assistir à transmissão dos jogos do Parazão, alcançando quase seis milhões de paraenses.
“O governo entende a importância desse apoio, está mais uma vez muito perto dos times e das torcidas, e a gente reafirma esse compromisso com a parceria com o Banpará. Iremos transmitir o campeonato este ano 100% em HD, e pra gente, vai ser uma emoção a mais”, disse a presidente da Cultura Rede de Comunicação, Adelaide Oliveira.
“Para nós, que gerimos o futebol paraense, é muito importante essa parceria com o Governo do Estado. As dificuldades são grandes, mas o governo vem honrando o compromisso com a gente e a população paraense, garantindo a realização do Parazão”, destacou o presidente da Federação Paraense de Futebol, Adélson Torres.
“Sem esse apoio do Governo do Estado, talvez hoje o campeonato não se sustentasse. Esses investimentos possibilitam a participação dos times do interior e isso é muito bom para o campeonato. Então, só temos a agradecer ao governo e acreditamos que esse trabalho continuado vai reforçar os times do interior”, disse o presidente do Paysandu, Tony Couceiro.
Há 11 anos sem disputar a primeira divisão do campeonato paraense, o Bragantino, time do município de Bragança, é um dos clubes mais motivados para o início do Banparazão depois da conquista da “segundinha”, competição que classificou as duas melhores equipes para o Parazão deste ano. “O apoio que o governo está dando é de suma importância para os times do interior prepararem suas equipes e, principalmente pra gente, que está afastado, sem receita. Nosso município está muito motivado com o nosso retorno e só temos a agradecer ao governador Simão Jatene”, destacou Claudio Wagner, presidente do Bragantino.
Os investimentos do governo no campeonato vêm sendo decisivos também para o Clube do Remo. “Todos esses anos estamos recebendo essa ajuda e esse dinheiro já vai direto para a Justiça do Trabalho, para ajudar a pagar nossas dívidas trabalhistas com ex- jogadores. Quando assumi o Remo, em 2015, a dívida era acima de R$ 10 milhões e hoje, está em cinco. Então, só temos a agradecer ao Governo do estado”, disse o presidente do Remo, Manoel Ribeiro.




Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Polícia Federal indicia Lula e filho por lavagem de dinheiro e tráfico de influência

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o filho dele, Luís Cláudio, por suposto crimes de lavagem de...

Prefeito de Tracuateua é afastado do cargo

Prefeito de Tracuateua, Tamariz Cavalcante, é afastado do cargo e seu vice Zezinho Costa assume o Executivo. Juntamente com o prefeito também foram afastadas...

Por ‘ciúmes’ do marido, mãe mata a filha recém-nascida degolada

Uma mulher de 21 anos, da cidade de Rivne, na Ucrânia, está sendo acusada de degolar a própria filha recém-nascida após ter uma crise...

Câmara de vereadores de Parauapebas cria CPI para investigar a CELPA

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instaurada na Câmara Municipal de Parauapebas com a finalidade de investigar os preços na cobrança dos tributos praticados nas contas de...

Vale reúne com comunidades de Parauapebas para esclarecer sobre barragens

A Vale está dando sequência as reuniões e visitas nas comunidades próximas às suas operações no Pará para falar sobre estabilidade de suas barragens...

Comentários