Operação apreende armas e objetos roubados em Parauapebas

0
344

Polícia deflagrou a operação ‘Apocalipse’ na madrugada de domingo, 16. Dois homens suspeitos de envolvimento em morte de pastor foram presos.

Dez armas de fogo, munições, placas de carros, celulares, porções de maconha e outros objetos pontados pela polícia como provenientes de roubos foram apreendidos na madrugada deste domingo (16) durante a operação “Apocalipse”. Esta operação, realizada pelas polícias Civil e Militar, faz parte da operação maior denominada “Minerva”, desencadeada em vários municípios desde a última quinta-feira (13).

Os objetos estavam em poder de três homens, sendo que dois estavam com mandados de prisão temporária decretados pela Justiça sob suspeita de envolvimento na morte do pastor evangélico Raimundo Nonato Rodrigues da Silva no dia 15 de outubro. Um deles ainda foi autuado por corrupção ativa por fazer uma proposta de R$ 100 mil aos policiais na tentativa de não ser preso.

De acordo com o delegado Marcelo Delgado, superintendente regional da Polícia Civil em Parauapebas, além dos mandados de prisão, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nas residências dos suspeitos e em uma chácara, na zona rural, a 45 km da sede de Parauapebas. Dentre as armas apreendidas, estão duas espingardas de calibres 12 e 20, e uma pistola calibre 380 possivelmente usada na morte do pastor.

A operação teve a participação de 14 policiais civis e o apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.