Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Brasil Novo golpe usa email dos Correios para roubar seus dados

Novo golpe usa email dos Correios para roubar seus dados

Os Correios divulgaram, no site oficial, um comunicado sobre falsos e-mails que usam o nome do órgão para aplicar golpe virtual. A armadilha utiliza remetentes que parecem verídicos, como “atendimento@correios.com.br”. A mensagem contém links maliciosos e instala arquivos executáveis para infectar o computador dos usuários e acessar informações pessoais

Os cibercriminosos também usam como estratégia assuntos que podem chamar a atenção das pessoas para abrirem o e-mail – atualização de dados de cadastro e recebimento de telegrama virtual (“Você recebeu um Telegrama Nacional”), por exemplo. Veja a seguir como funciona o golpe de phishing e como se proteger da ameaça.

Entenda o golpe

Phishing é um golpe que rouba senhas e informações pessoais das vítimas por meio de e-mails falsos de empresas conhecidas e confiáveis. Neste caso, os criminosos usaram diversos remetentes associados ao nome dos Correios para enganar os usuários. São eles:

  • greve@correios.com.br
  • atendimento@correios.com.br
  • recadastro@correios.com.br
  • recadastramento@correios.com.br
  • sedex.aretirar@tim.com.br
  • sedex@correios.com.br
  • e-sedex@correios.com.br
  • ouvidoria@correios.com.br
  • crtelegrama@correios.com.br
  • envio@telegrama.com.br
  • contato@correios.com.br
  • comunicado@correios.com
  • imprensa@correios.com.br
  • aviso@correios.net.br
  • Ivtools-user@lists.sourceforge.net
  • 961@961.com
  • ^^142.^^142@com.br
  • webmaster@site1364989808.provisorio.ws

De acordo com o site dos Correios, os falsos e-mails se referem a diversos assuntos que podem induzir o usuário a clicar em no link malicioso par buscar encomenda, confirmar o número do objeto postado e saber mais informações. Os endereços eletrônicos usados pelos criminosos são:




ftp://licitarcartaconvite:zbxgpb@ftp.netfirms.com/

www/pub/licitacoescorreioscartaconvite.cmd

Além dos links maliciosos, os cibercriminosos usam o e-mail para instalar arquivos executáveis anexos ( no formato *.exe) para infectar o computador do usuário.

O conteúdo do e-mail aborda a suposta atualização de dados cadastrais para retirar encomendas, problema de entrega por conta do grande movimento de final de ano ou greve, encomenda SEDEX, chegada de telegrama virtual – chamado de “Você recebeu um Telegrama Nacional (correios.gov.br)” e pedido que menciona cadastros ou Sistema de Licitações dos Correios.

Como se proteger

Para ajudar os usuários a se protegerem do golpe virtual, os Correios alertaram que o envio de e-mails aos clientes é feito exclusivamente em algumas situações e apenas se o pedido for realizado com antecedência. Nessa categoria estão os serviços de envio de telegramas, aviso da chegada de encomendas e recadastramento.

Segundo os Correios, caso a pessoa não tenha feito a solicitação e receba um e-mail supostamente do órgão, não abra o conteúdo e os links enviados. Recomenda-se também apagar a mensagem da sua caixa de entrada.

Outra dica é sempre usar os canais oficiais dos Correios para fazer o rastreamento da encomenda: site ou aplicativo para Android e iOS (iPhone).




Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Polícia Federal indicia Lula e filho por lavagem de dinheiro e tráfico de influência

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o filho dele, Luís Cláudio, por suposto crimes de lavagem de...

Prefeito de Tracuateua é afastado do cargo

Prefeito de Tracuateua, Tamariz Cavalcante, é afastado do cargo e seu vice Zezinho Costa assume o Executivo. Juntamente com o prefeito também foram afastadas...

Por ‘ciúmes’ do marido, mãe mata a filha recém-nascida degolada

Uma mulher de 21 anos, da cidade de Rivne, na Ucrânia, está sendo acusada de degolar a própria filha recém-nascida após ter uma crise...

Câmara de vereadores de Parauapebas cria CPI para investigar a CELPA

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instaurada na Câmara Municipal de Parauapebas com a finalidade de investigar os preços na cobrança dos tributos praticados nas contas de...

Vale reúne com comunidades de Parauapebas para esclarecer sobre barragens

A Vale está dando sequência as reuniões e visitas nas comunidades próximas às suas operações no Pará para falar sobre estabilidade de suas barragens...

Comentários