Mototaxista é morto a paulada, arrastado por uma corda e queimado junto a moto

1357

O motorista Maurivan Coimbra de Sousa, 38 anos de idade, natural de Riachão (MA), foi brutalmente assassinado e ainda teve o corpo arrastado por cerca de 500 metro de distancia e depois queimado junto com a moto que pilotava.

O caso aconteceu por volta das 15h00min deste domingo (3), na área de loteamento denominado “Vale das Águas” também conhecido Modão Chácaras, as margens da PA 275, sentido Curionópolis, distante cerca de 17 km de Parauapebas.


Segundo informações o crime ocorreu após uma discussão entre vítima e o acusado em um Bar na rua Diamante, quando Maurizan Coimbra teria jogado uma lata de cerveja no rosto do acusado ainda não identificado pela polícia.

Embora a vítima tenha sido amarrada e arrastada em sua própria moto desde o estabelecimento até onde teve o corpo queimado, a dona do bar disse para polícia não saber o que havia ocorrido. Ela relatou que os dois teriam discutido e que só avistou quando a vítima jogou a lata de cerveja contra seu algoz e que após isso não viu mais nada.

Acionada via CCO, a viatura se dirigiu até local, “Após tomarmos conhecimento do fato viemos ao local averiguar, e depois de muita procura encontramos o corpo e a moto ambos carbonizados”, relatou o PM.

“Aparentemente a vítima após ser morta com um golpe na cabeça a mesma arrastada para longe do bar, existem rastro no caminho desde o bar até aqui, prova que a vítima foi arrastada até o local do crime e será feita todos os procedimentos até chegar ao autor do crime’, complementou. (Caetano Silva)

Comentários