O site Notícias de Parauapebas tem recebido, várias denúncias de moradores do Bairro Cidade Jardim, reclamando que a comunidade da sexta etapa do referido complexo habitacional está completamente abandonada pela empresa empreendedora e pelo poder público.

Segundo as denúncias, a comunidade carece de drenagem pluvial, iluminação pública, esgoto, coleta de lixo e transporte público, inclusive escolar.

Outra reclamação dos moradores é quanto o aumento das parcelas de pagamento dos lotes urbanos, considerado abusivo, pois a empresa que vendeu os terrenos não leva em consideração a inflação do período.

“Comecei pagando R$ 316,00 e hoje iniciando o terceiro ano estou pagando R$ 407,00 quero ver daqui a dez anos como vai estar o valor da parcela, muitos aqui não conseguirão pagar e consequentemente perderão seus bens.” Relata o Senhor José Raimundo.

Cleber Soares reclama ” Pagamos por um loteamento planejado, mas se quer temos iluminação publica, nas ruas podemos contar os postes que tem luz, a rede de esgoto nunca foi entregue aos moradores, asfalto de péssima qualidade, e toda vez que chove minha casa alaga, pois os bueiros que fizeram não suporta o volume da água. “

“Muitos de nós moradores somos assalariados e dependemos do aumento exclusivamente do sindicato para podermos ter uma renda melhor, já o aumento e reajustes das parcelas feita pela Buriti é abusivo e é quase o doblo do reajuste que recebemos. ” relata Vinicius Sousa.

Na última sexta-feira (20), alguns moradores se reuniram com alguns vereadores e com advogados para tratar do assunto. Na reunião, ficou acertado que a comunidade, com apoio do poder público, entrará com uma ação na Justiça contra a vendedora de lotes para acabar com os reajustes mensais.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here