Metade da produção de minério de ferro de empresas menores pode fechar, diz Goldman

0
334

Cerca de metade do minério de ferro produzido por pequenas mineradoras, que não estão entre as gigantes da Austrália e do Brasil, está em risco, com a demanda global devendo atingir um pico no próximo ano, disse o Goldman Sachs, em um relatório.

“Esperamos que a demanda por minério de ferro transportado por via marítima atinja um pico em 2016, com o deslocamento da produção chinesa marginal de minério de ferro falhando em compensar a contração do consumo interno de aço”, afirmou.

O Goldman reduziu sua estimativa para os preços de minério de ferro em 2015 em 18% para 52 dólares por tonelada. O banco vê o preço de 44 dólares em 2016 e de 40 dólares em 2017 e 2018, uma queda de 29-33% ante previsões anteriores.

Os volumes de produção dentre as principais mineradoras – Vale, Rio Tinto e BHP Billiton – não está em risco, afirmou o banco.

“No entanto, o resto da indústria enfrenta agora um desafio existencial”, disseram os analistas Christian Lelong e Amber Cai.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.