Mês de outubro terá chuvas com maior frequência e raios no Pará

0
492

O mês de outubro é caracterizado pelo início do período chuvoso nas regiões sul, sudeste e sudoeste do Pará. De acordo com uma previsão climática mensal feita pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), grande parte dessas regiões, terão chuvas com mais frequência e volume esse mês, mas ainda insuficientes para compensar o período de estiagem recente.

Já na porção norte e nordeste do estado, que compreende a Ilha do Marajó, Região da Calha Norte e Região Metropolitana de Belém (RMB), prossegue o período menos chuvoso, com chuvas rápidas e volumes reduzidos.

Com o início do período chuvoso no sul do Pará, as regiões ainda vão experimentar tempo quente durante o dia, porém, a temperatura vai ficar ligeiramente mais baixa em relação aos últimos quatro meses – chegou a 37 graus em Marabá e Conceição do Araguaia. Agora, em outubro, a tendência é que a temperatura máxima das regiões sul, sudeste e sudoeste do estado permaneçam entre 32 e 34 graus.

A análise feita para o estado inteiro indicou que as maiores temperaturas vão ocorrer na Região Metropolitana de Belém (RMB), que podem alcançar de 36º a 37º graus. No norte e nordeste do Pará, vai chover dentro do esperado, em forma de pancadas no período da tarde e início da noite, com tendência de uma chuva passageira que ainda não caracteriza o período chuvoso.

Segundo Saulo Carvalho, da Diretoria de Meteorologia e Hidrologia (Dimeh) da Semas, a transição do período seco para o mais chuvoso se torna propício para eventos extremos, como aumento de vendavais e incidência de raios. Isso acontece porque não há muita umidade disponível para a formação de chuvas de grande volume – como acontece no período chuvoso, e a energia é convertida em ventos fortes, rajadas e raios.

“É uma coisa normal e vai ficar dentro do esperado para outubro, mas precisamos tomar certos cuidados: ficar protegidos e abrigados nos momentos de chuva, não ficar embaixo de árvores e não utilizar equipamentos ligados a rede elétrica durante a chuva, por exemplo”, alertou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.