Um menino de 13 anos morreu na segunda-feira (8), em Alenquer, no oeste paraense, após ser atingido na cabeça por um ouriço de castanha-do-Pará, espécie de coco que recobre as castanhas ainda nas árvores. O menino chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu ao ferimento.

O garoto morava na comunidade quilombola de Pacoval. Segundo moradores, ele havia saído durante a manhã para catar castanha, mas não voltou. Por volta das 16h, a mãe do menino foi procurar o jovem e o encontrou embaixo da árvore, desacordado, com o ferimento na cabeça.

Ele foi encaminhado para um hospital na sede de Alenquer, onde recebeu os primeiros atendimentos enquanto uma transferência para Santarém era providenciada, mas não resistiu ao ferimento e morreu por volta das 22h.

Ainda de acordo com moradores, há 30 anos não ocorria na comunidade um acidente fatal envolvendo um ouriço.

O corpo da criança foi levado para Pacoval, onde ele está sendo velado e deverá ser sepultado na tarde desta terça-feira (9).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here