No último sábado (27), no PA Alegria (Distrito de Brejo do Meio), a Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri), por intermédio do Departamento de Aquicultura e Pesca (Deap), promoveu um Dia de Campo voltado à piscicultura. O objetivo foi orientar os agricultores no manejo de peixes em tanques escavados, visando aprimoramento das técnicas para melhorar a produção.

De acordo com a agrônoma Pâmela Dias, do Deap, o dia de trabalho no campo serviu principalmente para eliminar dúvidas quanto ao manejo do pescado, como a qualidade da água e outros conhecimentos necessários a uma produção de qualidade.

O evento contou também com participação de produtores das adjacências ao PA Alegria, considerando a existência de um número crescente de produtores rurais interessados na criação de peixe em cativeiro, que vem proporcionando renda extra que se soma à da agricultura familiar.

Pâmela informa que em 2015 foram abertos pela Seagri 17 tanques de piscicultura, oito deles no PA. Cada tanque tem capacidade de produzir duas toneladas por safra, o que corresponde, em média, a quatro toneladas de peixe por família.

Ainda segundo a agrônoma, a produção de alevinos acontece no PA Palmeira Jussara, aqui mesmo em Marabá. A maior procura tem sido por tambaqui, diante da facilidade de adaptação ao cativeiro, mas existem outras espécies em expansão, como a caranha (da mesma família do tambaqui), curimatã, tabatinga, piau, surubim e pirarucu.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here