Nesta segunda-feira (22), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Exército e Secretaria Municipal de Urbanismo (Semsur) retomaram a batalha contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. A ação começou pelo Bairro Morada Nova e pela Vila São José.

O trabalho se estenderá a até o dia 8 de abril e visa, principalmente, orientação aos moradores e a procura e eliminação de focos do inseto. As equipes percorrerão todas as áreas de maior proliferação do mosquito.

Segundo Crissiana Dias, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde da SMS, a campanha conta com 45 militares e agentes de endemias na orientação aos moradores e na busca aos focos do Aedes.

Enquanto isso, uma equipe da Semsur faz a limpeza das áreas visitadas, incluindo recolhimento de entulho das residências, que devem ser colocados na rua pelos moradores.

Em Marabá, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, não há registro da febre zika, nem chikungunya. No entanto, há registro de casos de dengue.