Mais um acidente na PA-275

0
686

acidente-sem-vitima-660x330

Ontem a tarde aconteceu outro acidente na Rodovia PA-275, esse tipo de notícia já está se tornando corriqueiro e preocupa as autoridades e usuários da rodovia que liga os três municípios, Eldorado do Carajás, Curionópolis e Parauapebas.

No acidente da tarde de ontem não houve vítima fatal, apenas danos materiais e segundo informações colhidas no local o excesso de velocidade mais uma vez foi o vilão. Testemunhas disseram que o condutor perdeu o controle do veículo, rodou na pista e bateu em uma barreira as margens da rodovia, um caminhão que vinha logo atrás acabou batendo no carro aumentando o dano e a gravidade do acidente.

Uma guarnição da Polícia Rodoviária Estadual – PRE sob o comando do Sargento Tavares foi acionada e chegou rápido ao local desobstruindo a via que ficou interditada pelo veículo, ainda segundo a PRE o excesso de velocidade realmente tem causado graves acidentes e boa parte com final trágico.

Sem acostamento – Outro problema da PA-275 é a falta de acostamento, que há alguns dias acabou sendo fator preponderante para a morte de um caminhoneiro . Na semana passada flagramos o transporte de cargas com excesso lateral na via, e para evitar problemas os condutores tem que “entrar no mato”, literalmente. Como mostra a foto acima. Um descaso que não só causa transtornos como também tem custado vidas.

Como já dissemos, o acostamento por si só não resolve o problema já que excesso de velocidade, ultrapassagem em local proibido e direção perigosa tem sido fatores agravantes, mas sem sombra de dúvidas diminuiria e muito os casos de acidentes já que pela rodovia trafegam vários veículos pesados que muitas vezes  tem problemas mecânicos e tem que ficar parados na via forçando motoristas a desviarem para a contra mão muitas das vezes em curvas ou ladeiras.

Para abrir caminho, motoristas tem que entrar no mato

   Fotos: John Jessé – Texto: Wenderson Costa

Fonte : Reporter30.com.br

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.