Mais três candidatos na disputa pelo comando da mineradora Vale

883

Nenhum outro cargo de presidente de companhia movimenta tantos interesses quanto o da Vale. Empresa privada, mas alvo de grande interferência política, a mineradora vive um processo sucessório digno das grande campanhas.

A começar pelo número de candidatos. Pelo menos três novos nomes apareceram a semana passada dispostos a ocupar o lugar de Murilo Ferreira.  Pedro Cafarelli, presidente do Banco do Brasil, Marcos Falcão, ex-executivo do Icatu, e Rômulo Dias, atual CEO da Cielo.

Cada um deles com um padrinho poderoso. Cafarelli é defendido por Benjamin Steinbruch, Falcão é o preferido de Rodrigo Maia e Dias tem o apoio do Bradesco, sócio na Vale. Já Ferreira, atual presidente, pensa em ocupar uma cadeira no conselho mundial da Brookfield quando sair.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui