Thiago Reis da Silva, 24 anos de idade, foi preso e apresentando na 20° Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas por volta das 23h30min, deste domingo (25), acusado de ter estuprado uma mulher na beira de uma piscina em um clube onde acontecia um evento na Chácara do Sol em Parauapebas.

                             Thiago Reis da Silva

O acusado foi preso pelos seguranças do evento e entregue a Polícia Militar, minutos após o crime.

Uma testemunha que estava no local e ajudou a vítima, contou para a reportagem do Portal Noticias de Parauapebas que estava no clube quando teria escutado um pedido de socorro e ao chamar os seguranças se dirigiram para onde se ouviam os gritos, instante em que o acusado teria pulado dentro da piscina e logo em seguida foi avistado uma mulher semi nua bastante nervosa chorando.

Enquanto isso, Thiago Reis que estava nu, pulou na piscina e vestiu a calça esquecendo-se da cueca encontrada próximo ao local onde teria praticado o estupro.

Ainda segundo a testemunha que acompanhou a vítima até delegacia, a mulher que é deficiente física do braço e perna esquerda, contou que o acusado o agarrou e tampou a sua boca e o ameaçou que em caso de reação ele o matava.

Na delegacia Thiago Reis negou as acusações, alegando que teria sido outra pessoa e quanto a cueca encontrada no local não seria dele uma vez que ele não estaria usando. Porém ele não soube explicar o que fazia dentro da piscina de calça jeans. (Caetano Silva)