Continua a greve dos servidores do INSS. Esse é o 8º dia da paralisação e continuam fechadas quase metade das agências em todo o país.

Na tarde desta terça-feira (14), o Sindicato dos Servidores da Previdência Social no Pará reuniu para fazer um balanço dos dias de greve.

“Nos reunimos para fazer o balanço dos dias de greve e ver as programações que vamos fazer durante a semana. Também estamos programando para uma comitiva ir até à Brasília na próxima semana para se juntar com os servidores de todo o Brasil”, destaca o diretor colegiado do sindicato, Antonio Maués.

Nesta quarta-feira (15), os servidores que estão em greve realizarão uma programação cultural em frente à sede do INSS em Belém, localizado na avenida Nazaré, próximo da travessa Doutor Moraes.

O movimento nacional pede reajuste salarial de 27,5%, além de outros benefícios. A última proposta apresentada pelo governo federal compreendia reajuste 21,3% em parcelas.

No Pará, os servidores pedem ainda a realização de concurso público.

“É necessário que tenha concurso para o INSS. Hoje temos 42% dos funcionários já na idade de aposentadoria. Então existe essa necessidade”, destaca Maués