A produção de minério de ferro da Vale atingiu novo recorde em 2017, de 366,5 milhões de toneladas, informou a companhia em relatório na sexta-feira (16). De acordo com a mineradora, o desempenho se deve principalmente ao ramp-up do projeto S11D, em Carajás, e o maior volume Sistema Sudeste.

“A produção anual ficou dentro do intervalo do guidance original de 360 milhões a 380 milhões de toneladas, aproximando-se do limite inferior do intervalo devido, principalmente, à redução de minério de maior teor de sílica nos Sistemas Sul e Sudeste, em linha com a estratégia atual de maximização de margem”, destacou a companhia em relatório.

A mineradora reforçou no documento que o guidance para 2018 é de uma produção aproximada de 390 milhões de toneladas, conforme anunciado no evento Vale Day em dezembro do ano passado.

Embarques

A Vale informou que os embarques de minério de ferro e pelotas do Brasil totalizaram 335,5 milhões de toneladas no ano passado devido principalmente à maior produção no Sistema Norte.

O teor médio de ferro – um dos grandes trunfos da companhia para ganhar mercado principalmente na China, maior consumidor global e que vem demandando minério de mais qualidade – foi de 64,3% no quarto trimestre do ano passado.

Os volumes de blend de minério da companhia, que é a mistura entre o produto de mais alta qualidade com aquele de baixa qualidade, na Ásia, totalizaram 66,2 milhões de toneladas no ano passado, crescimento de 24,9 milhões de toneladas na comparação com o volume de 2016.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here