Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Notícias Destaques Impasse: Sindicatos recusam proposta da Vale para acordo coletivo

Impasse: Sindicatos recusam proposta da Vale para acordo coletivo

A Vale manteve a proposta anterior e elevou o abono salarial para R$ 3.560, mas ainda sem oferecer reajuste salarial e da inflação acumulada nos últimos 12 meses. Os sindicalistas reprovaram a proposta. A mineradora se reuniu mais uma vez, nos últimos dias 17 e 18, com representantes da Unidade Sindical dos Trabalhadores da Vale, composto por quatro sindicatos, para negociar o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016.

Os sindicatos pedem, entre outros itens, ganho real de 5% acrescido de 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado em 10,1%, de novembro de 2014 a outubro deste ano. As reuniões desta semana marcaram a quarta rodada de negociação entre mineradora e sindicatos.

A Vale ainda não marcou uma nova data para voltar a discutir o acordo coletivo. A assessoria de imprensa da mineradora tem a política de não comentar sobre negociações em andamento com sindicatos.




O Metabase criticou a proposta da Vale e disse que os números oferecidos “rebaixam o salário e aumentam o custo de vida do trabalhador”. As solicitações dos sindicatos incluem também um aumento no cartão-alimentação de R$ 620 para R$ 1.067.

A Vale não ofereceu reajuste e propôs o pagamento de 13ª e 14ª parcelas do cartão-alimentação fixada em R$ 620, sendo a última em dinheiro; R$ 3.560 de abono; e aumento na coparticipação da Assistência Médica Supletiva (AMS), que é o plano de saúde do trabalhador, de 5% para quem ganha até R$ 3.016 e de 10% para empregados que ganham mais do que esse valor.

“O que nós, do sindicato, estamos achando é que a proposta da Vale é de rebaixar o salário do trabalhador em 10,33%, que é a inflação, aumentar o custo com AMS, aumentar o custo com alimentação, porque querem manter o valor do cartão-alimentação, aumentar custo com a educação, devido à limitação no reembolso. Isso é uma proposta de rebaixar o salário”, afirmou o sindicalista.

Roberto disse também foi proposta pela mineradora uma alteração nos reembolsos escolares, que são de 60%, para apenas cursos que sejam voltados para as atividades da Vale. A mineradora também restringiu, na AMS, um máximo de quatro implantes odontológicos por ano e reembolso de aparelhos ortodônticos somente para trabalhadores com até 25 anos.

A proposta total da Vale, segundo o sindicalista, é de R$ 6 mil, levando em conta os R$ 1.240 das duas parcelas extras do cartão-alimentação; R$ 1.200 do aumento da coparticipação na AMS; e R$ 3.560 de abono.

“Nós estamos tendo dificuldade. Uma empresa que propõe não corrigir as perdas, propõe rebaixamento de salário e, com certeza, o valor oferecido do abono é irrisório com a perda que o trabalhador vai ter”, disse o vice-presidente do Metabase.

Roberto caracterizou a proposta feita pela mineradora como um “remédio amargo que nós já provamos e não gostamos”. Ele diz que em 1998 e 1999, foi aceita uma oferta de 0% de reajuste salarial e inflação, mas com abono. “Foi uma perda que nunca mais recuperamos”, disse.

O sindicalista disse que aguarda um posicionamento da mineradora para agendar a próxima mesa de negociações. Os trabalhadores da Vale são representados por dois grupos: Renovação, que tem sete sindicatos, e União Sindical dos Trabalhadores da Vale. Esse é último é formado pelo Metabase de Itabira, Sindicato dos Ferroviários de Vitória-Minas, Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias dos Estados do Maranhão, Pará e Tocantins (Stefem) e pelo Sindmina do Rio de Janeiro.




Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. pra mim o sindicados tem que ouvir também os funcionário da empresa, não só fica falando que não aceita a proposta a Vale. nos como fazemos parte da empresa também nossa opinião.
    eles ficam so de blablar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Prefeitura entrega kits uniformes para mais de 300 alunos de escolinha de futsal

Na manhã deste sábado (16), mais de 300 crianças atendidas pela escolinha de futsal mantida pela Secretaria de Esporte e Lazer (Semel) receberam da...

Bancos reabrem crédito para antecipar restituição do IR

Os grandes bancos reabriram a linha de crédito para antecipação da restituição do Imposto de Renda. Para acessar o empréstimo, é preciso entregar a...

Braz indica melhorias na Estação Ferroviária e solicita recuperação de vias na zona rural

Na sessão da Câmara Municipal de Parauapebas desta terça-feira (12), o vereador Ivanaldo Braz (sem partido) apresentou duas proposições. A Indicação n° 37/2019 solicita ao...

Vereador Rafael Ribeiro propõe realização de diagnóstico da juventude

Com o objetivo de identificar as necessidades da parcela jovem da população, o vereador Rafael Ribeiro (MDB) propôs, por meio da Indicação n° 40/2019,...

Do Pebas a Paris: Confraria de Artes de Parauapebas realizará feira beneficente de artes no CDC

Entre os dias 22 e 23 de março o Centro de Desenvolvimento Cultural de Parauapebas (CDC) irá receber um grande evento beneficente de incentivo...

Comentários