“Posso tomar ômega três por conta própria?” Essa foi uma das perguntas da dona Josefa de Souza Mendes, de 72 anos, para a farmacêutica Luciana Alves Nogueira Silva durante a palestra sobre Uso Racional de Medicamentos, realizada no Cras Altamira. Os 15 idosos que participaram da programação tiraram várias dúvidas.

 

De acordo com Luciana Alves, que é coordenadora da Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), muitos idosos têm o costume da automedicação e por esse motivo eles constituem o público-alvo da Campanha pelo Uso de Racional de Medicamentos, empreendida pela coordenação.

 

“Muitas vezes eles solicitam medicação nas farmácias das unidades de saúde e por não apresentarem receituário médico, não são atendidos. Eles ficam chateados e acabam comprando o remédio, nas farmácias privadas, muitas vezes pedindo orientação para balconistas, que não tem a preparação profissional para indicação de remédios”, explica a coordenadora.

 

Dona Josefa disse que sempre comprava na farmácia alguns medicamentos, principalmente para dor, mas depois da palestra vai evitar essa prática. “Aprendi que pode ser muito perigoso tomar remédio sem passar pelo médico, não vou fazer mais isso”, disse a aposentada.

 

Idosos do Cras Rio Verde e da Paz também já foram sensibilizados quanto ao uso racional de medicamentos e os próximos serão sensibilizados com relação ao assunto são os idosos do Cras dos Minérios.

 

Texto e Fotos: Karine Gomes