Homens surpreendem ‘sem terras’ e executam dois em fazenda ocupada

5096
Um líder de ocupação e um colono foram mortos tiros de pistolas por dois pistoleiros que chegaram no local em uma moto Bros preta de placa não anotada.
Segundo informações que serão investigadas pela Delegacia de conflitos agrário (DECA), o caso aconteceu por  volta das 09h30, da manhã desta quarta-feira (13), quando as vitimas identificadas por Jorge Matias da Silva, 25 anos de idade, natural de Imperatriz MA, (colono), e Eraldo Moreira Luz, mais conhecido por “Pirata”, natural de Castanhal, PA conversavam no momento em que teriam sido surpreendidos pelos assassinos que, sem dor e sem piedade atiraram nas cabeças dos dois trabalhadores rurais.
Eraldo Moreira, era líder do assentamento Boa Esperança, localizado na fazenda denominada Santa Clara, que está invadida a cerca de 2 anos por trabalhadores sem terra.
A fazenda fica localizada na área do contestado, cerca de 65 quilômetros do centro de Parauapebas.
Após o crime Jorge Matias ainda foi socorrido pelos colonos e encaminhado para o Hospital Municipal  de Parauapebas, entretanto o mesmo veio a óbito antes de chegar na cidade, enquanto que o líder sem terra morreu ainda no local.
Após a apresentação dos corpos na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, o delegado plantonista, diligenciou sua equipe de investigadores para realizar os primeiros levantamentos no local do crime e com os mesmos uma equipe do Instituto Médico Legal (IML), o Grupo Tático Operacional (GTO) também foi acionado para resguardar a integridade física dos da equipe, uma vez que a área e tida como área de conflitos agrários.
Caetano Silva do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here