Homem é preso no Cidade Jardim com duas espingarda em casa após ter atirado para o alto no meio da rua

0
916
O vendedor ambulante Antônio Valdez Lima Rodrigues, 35 anos de idade, foi preso por volta das 20 horas, da noite  de quarta-feira (30) por posse ilegal de arma de fogo. O mesmo reside na rua N-5, bairro Cidade Jardim e segundo a polícia, o acusado teria sido denunciado pelos próprios vizinhos, quando o mesmo embriagado teria agredido sua companheira e de posse de uma espingarda calibre 20 teria ido para o meio da rua e efetuado  tiro pro alto.
Não gostando do que presenciaram os moradores ligaram para o  Centro de Controle Operacional (CCO) da Polícia Militar, (94) 99264 5348, e denunciaram o que estava ocorrendo.
Chegando lá, a guarnição do sargento PM  Pimentel, encontrou o acusado dentro de casa, já a mulher que teria sido agredida por Antônio Valdez, havia deixado o local.
“Nós batemos na porta, e ele veio nos atender, o mesmo estava com visível sintomas de embriaguez e como ele estava alterado o algemamos, até mesmo para resguardar sua integridade física” destaca o policial.
Com o apoio de um vizinho, a Policia entrou na residência do acusado e lá foram encontrados uma espingarda calibre 20, três cartuchos dois intactos e um deflagrado   e outra espingarda de chumbinho calibre 5.5, e uma caixa de espoleta.
Com base no flagrante, Antônio Valdez foi apresentado na delegacia, mas a esposa agredida não compareceu à delegacia, talvez para não proceder contra o marido agressor, livrando o mesmo de responder pelo crime de Maria da Penha.
A reportagem do Portal Noticias de Parauapebas tentou gravar com Antônio Valdez, no entanto limitou-se em dizer que não agrediu sua mulher, mas também não explicou  porque havia  atirado para cima.
Caetano Silva do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui