Era por volta das 15h00, deste domingo (19) quando, segundo informações de testemunhas, três homens com as cabeças amarradas com as camisas e armados chegaram ao local de posse um revólver e facão e executaram a o homem de 33 anos. 

A vítima identificada por Otacílio de Sousa Brito,conhecido por “Tatá”, foi surpreendido  pelos assassinos quando se encontrava nos fundos da residência construindo uma casinha para suas galinha.

De acordo com informações, os assassinos invadiram o quintal e pediu para que Tatá não corresse, já sua esposa que se encontrava no interior da residência, ouviu os dois disparos de arma de fogo, e temendo por sua vida permaneceu dentro de casa, deixando o local depois que os homens deixaram a cena do crime. Foi então que a mulher se deparou com o marido morto e com a cabeça destroçada por golpes de facão. 

O crime aconteceu em local de difícil acesso em uma área de morro localizado na rua Murici no bairro Liberdade II.

A polícia militar foi acionada via Centro de Controle Operacional (CCO), a guarnição da área foi até ao local e após constatar a veracidade dos fatos comunicaram o caso a delegacia e ao IML, que após levantamento de praxe realizado pelos investigadores da Polícia Civil, o corpo foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) e conduzido ao Centro de Perícia Científica Renato Chaves de Parauapebas onde será submetido  exame de necrópsia.

O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios da Polícia Civil que não descarta a hipótese do crime ter sido motivado por acerto de contas. (Neide Folha da redação do Portal Noticias de Parauapebas)