Helder Barbalho garante recursos contra enchentes em Marabá

(Diário do Pará)

0
222

Na tarde de ontem (16), o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, esteve em Marabá, sudeste paraense, para fazer vistoria nas áreas alagadas da cidade, que há dois dias decretou situação de emergência por conta das enchentes. Além de visitar os principais pontos de enchente, o ministro esteve ainda junto com o prefeito da cidade, Tião Miranda, nos abrigos para onde estão sendo levadas as pessoas desalojadas da cidade.

Segundo Helder, a orientação do Governo Federal e do Ministério da Integração, através da Defesa Civil, é que não falte recursos para que Marabá tenha capacidade e condições junto com sua população de enfrentar a atual situação. O nível do rio atingiu 11,12 metros, elevando para 305 o número atual de famílias em estado de risco. Em todo o Estado, 15 municípios já foram atingidos por enchentes, afetando mais 14 mil pessoas, segundo dados da Defesa Civil.

AÇÕES

Após a vistoria, a comitiva formada pelo ministro Helder, Defesa Civil Nacional, Defesa Civil Municipal, Exército Brasileiro e Prefeitura debateram e determinaram as próximas estratégias para lidar com a situação. “A expectativa é que já na próxima terça-feira seja publicado decreto de emergência permitindo que a Prefeitura possa fazer as ações necessárias, imediatas e emergenciais, que permitam tranquilidade e restabelecimento para as famílias atingidas e desabrigadas. Além disso, garantindo recursos para minimizar os problemas e diminuir os impactos nesse momento de crise,” afirmou Helder.

O ministro destacou ainda que o órgão federal está pronto para agir em ações de reintegração para as áreas que foram deterioradas e aquelas que continuarão a sofrer por conta das cheias dos rios Tocantins e Itacaiunas. “Temos recursos para atender às demandas. Vamos continuar acompanhando de perto todo o processo, montando desde já as estratégias para reconstruir o que for necessário, trazendo de volta a paz destas pessoas”.

Serão investidos R$ 66 milhões em obras

Com objetivo de reduzir os impactos das cheias em Marabá, no fim do ano passado, o ministro Helder liberou cerca R$ 66,9 milhões para as ações de prevenção na cidade com execução pela prefeitura. No plano de trabalho, cuja ordem de serviço deverá ser assinada em breve, está prevista a construção de três cais de contenção em concreto armado nos bairros de Francisco Coelho, Folha 33 e Amapá. Nos dois últimos também serão construídos trapiches de embarque e desembarque. Os três bairros, historicamente, são afetados há anos pelas cheias dos rios. Serão construídos 1.476m do cais de arrimo às margens dois rios Itacaiunas e Tocantins. “São obras determinantes e fundamentais para que nos próximos anos não tenhamos de conviver com essa enchente, que anualmente traz prejuízos e dificuldades para a população de Marabá”, afirmou o ministro.

VISTORIAS

No início da semana, Helder esteve nos municípios de Xinguara, Conceição do Araguaia e Parauapebas, que também estão sendo atingidos pelas chuvas das últimas semanas. A região sudeste do Pará enfrenta fortes chuvas que estão causando grandes prejuízos para os moradores e cidades locais. Segundo a Defesa Civil, nos últimos 15 anos, o período mais intenso de chuvas tem seu ápice nos meses de março e abril.

Distribuição de kits emergenciais

Durante coletiva realizada em Marabá, o ministro afirmou ainda que kits emergenciais já estão em deslocamento para atender 4 mil pessoas, no período de 30 dias. A conquista foi garantida por Helder, que fez a solicitação à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A distribuição será realizada pela Prefeitura de Marabá.

– Mil cestas de alimentos

– Mil kits de higiene

– Mil kits de limpeza

– 4 mil kits dormitório

– 4 mil colchões

– 60 mil galões de água

– 400 kits fraldas infantis

– 200 kits fraldas geriátricas

Políticos ressaltam empenho para resolver problema

Helder esteve acompanhado da equipe técnica da Defesa Civil, Adelaide Nacif e Daniel Martins; do prefeito de Marabá, Tião Miranda; dos deputados federais Beto Salame, Priante e Elcione Barbalho; do deputado estadual João Chamon; do secretário de Infraestrutura Hídrica, Antônio de Pádua; do superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Asdrubal Bentes; do presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Pedro Corrêa; do tenente-coronel Nicoline, além de secretários e vereadores.

O deputado estadual João Chamon ressaltou o apoio dedicado à região por parte do Ministério da Integração. “Eu costumo dizer que o ministro Helder está resgatando uma dívida histórica que essa pasta tão importante tinha com o Pará, porque, além das várias conquistas já garantidas pelo ministro, ainda estamos tendo este grande apoio nunca antes visto nessas cidades que sempre sofreram com problemas de enchentes”, afirmou. “É muito importante essa presença do ministro com toda a sua equipe da Defesa Civil para ver de perto a situação da cidade, que vive essa situação preocupante. A expectativa é muito positiva, porque recebemos a sinalização de mais recursos, e a população de Marabá só agradece essa parceria”, disse o prefeito da cidade, Tião Miranda.

A deputada federal, Elcione Barbalho, lamentou a situação encontrada. “É muito difícil ver tudo isso acontecendo, mas agora é trabalhar para ajudar estas pessoas e superar tudo isso. Ainda bem que contamos agora com um ministro paraense, que com certeza é fundamental para agilizar no processo de ajuda a estes municípios”, comentou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui