O governo federal destinou ao Pará os recursos que serão arrecadados com o leilão de um trecho da Ferrovia Norte-Sul. O bônus de outorga do trecho, que será licitado ainda este ano, será de R$ 1,097 bilhão, e

O dinheiro irá para o Fundo Nacional Ferroviário, que terá como prioridade a aplicação de recursos para o Pará, segundo o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. A criação do fundo ainda está em análise na área técnica e jurídica do governo Temer.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (16) em reunião no Palácio do Planalto. Participaram o candidato ao governo do Pará e ex-ministro da Integração Nacional Helder Barbalho (MDB-PA), o senador Jader Barbalho (MDB-PA), integrantes da federação da agricultura, da indústria e do comércio do Pará, além de técnicos da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) e do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Para o ex-ministro e candidato a governador, a criação do fundo representa uma vitória do Estado, que havia ficado de fora dos planos do governo na área de ferrovias. No início do mês, o governo anunciou que a renovação de concessões de ferrovias não teria cobrança de outorga, mas sim a obrigação de realização de investimentos.

pode ser ainda maior, caso haja disputa no leilão.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here