Goleiro Bruno é autorizado a trabalhar fora da prisão e dar aulas de futebol para crianças

0
471

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes foi autorizado nesta quarta-feira (2) a trabalhar fora do Presídio de Varginha, onde está preso desde 27 de abril. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o jogador vai dar aulas de futebol para crianças e adolescentes assistidos no Núcleo de Capacitação para a Paz (Nucap).

A decisão foi tomada pela 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais de Varginha. O despacho aponta que o goleiro Bruno apresenta bom comportamento e não apresenta alteração psicopatológica.

O Nucap irá buscar o detendo de dentro do pátio da unidade prisional, sem ter qualquer contato com o mundo externo. Na entidade, o jogador não terá acesso a área externa, nem a pessoas estranhas, salvo familiares.

A Nucap será responsável por um controle de atividades desenvolvidas pelo réu. A entidade deverá comunicar à Justiça qualquer irregularidade no trabalho.

Relembre o caso

Ex-goleiro do Flamengo, Bruno estava preso desde 2010, acusado de envolvimento no assassinato de Eliza Samudio. Ele foi condenado em 2013 a 22 anos e 3 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver contra a ex-amante.

Em fevereiro deste ano, Bruno conseguiu habeas corpus e retornou a carreira após fechar acordo com o Boa Esporte. No entanto, o goleiro voltou para a prisão em abril após um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que solicitou a revogação do habeas corpus concedido ao atleta.

(Com informações da Folha de S. Paulo)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.