O deputado Gesmar Costa ocupou a tribuna na Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (2) e lamentou sobre os rumores das redes sociais dando conta de que o seu partido, o PSD estaria fechado politicamente com grupos políticos com vistas as eleições de outubro. “É normal, nesse período o chamado fake news que tenta veicular mentiras como se fosse verdades, que o PSD já coligou com esse ou aquele partido e por aí vai. Isso é ruim porque ficam ligando, querendo detalhes, quando nada disso é verdade. Não estamos tratando disso, as lideranças do partido estão focadas nos graves problemas do estado, como segurança pública, educação e saúde. Essa estratégia de guerrilha, forçando a barra para que tomemos posição antes de hora é ruim porque se cria uma resistência e o diálogo se torna cada vez mais difícil”.

Nas suas considerações, Gesmar disse que não acreditava que as lideranças políticas, pré-candidatos não saibam das ações de seu grupo político, “Ora, se o pré-candidato não controla o que seu grupo está fazendo, então não será capaz de controlar o Estado. Infelizmente, no sul do Pará esse final de semana apareceram notinhas em jornais que por sua vez vão pras redes sociais. Devo dizer que esse tipo de ação é um tiro no pé”.
Gesmar encerrou a fala adiantando que no devido tempo, por ocasião das convenções o partido decidirá quem irá apoiar, “não temos pressa agora”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here