Na última terça-feira, 8, os professores de Marabá, por meio do Sindicado dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o prefeito João Salame se reuniram no Gabinete do Prefeito a fim de entrar em acordo quanto ao fim da greve dos professores, que já se estendia por semanas. A preocupação maior da Administração Municipal era com os alunos fora das salas de aula e com os pais desses estudantes, que, contribuintes, esperavam ver seus filhos nas escolas.
Da reunião, saiu a decisão de que os docentes retornariam às salas de aula na quarta-feira, 9, o que de fato aconteceu, com a garantia de que não teriam descontados de seus vencimentos – os quais já foram pagos integralmente – os dias parados; e de que não haveria cortes no valor dos salários, entre outras reivindicações. Uma comissão foi formada para continuar as negociações entre prefeitura e professores, com prazo de 30 dias para que seja feita uma avaliação.
Assim, ontem, quarta-feira, 9, o ano letivo na rede municipal de ensino começou de fato, com os alunos voltando gradualmente às salas de aula, situação que deve se regularizar até a próxima segunda-feira, 14, com o retorno de 100% dos estudantes. Por isso, a Semed convida àqueles que ainda não voltaram às escolas que o façam o quanto antes. Quanto aos dias em que as aulas ficaram paradas, a Secretaria adianta que, ao longo do ano letivo serão repostos, sem prejuízo ao calendário escolar.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here