Em 2017, 2.400 pessoas já foram vacinadas contra febre amarela em Parauapebas

0
373

Com uma população beirando 290 mil habitantes, conforme dados da Vigilância Sanitária, Parauapebas é uma das cidades que mais cresce no Brasil.

Sem nenhum caso registrado de Febre Amarela em Parauapebas, nos últimos dias aumentou significativamente a procura pela vacina.

Desde 2015 no esquema vacinal contra a febre amarela são duas doses – uma dose aos nove meses de vida e outra dose aos 4 anos de idade. Aquele que não tem comprovação vacinal faz uma dose e com 30 dias após, faz a segunda dose.

A Sespa informa que está monitorando a necessidade de cada município para enviar doses adicionais.  As vacinas são enviadas aos 13 Centros Regionais de Saúde (CRS), que distribuem para os municípios que destinam para as salas de vacinação.

No período de janeiro 2016 a janeiro de 2017 foram enviadas aos CRSs 853.290 doses da vacina contra a febre amarela. De acordo com o Sistema de Informação Avaliação do Programa de Imunização (SI-PNI) foram de 284.130 doses aplicadas em 2016 e 3.626 doses aplicadas em janeiro 2017.

A equipe do Portal Noticias de Parauapebas entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Parauapebas, através de sua assessoria de comunicação que emitiu a seguinte nota, confira na integra:

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) esclarece que em janeiro deste ano recebeu duas mil doses de vacina contra a febre amarela, quantidade considerada de rotina para um período que não há campanha do Ministério da Saúde. No entanto, o crescimento no número de casos da doença em outros Estados fez com que a procura pela vacina aumentasse subitamente, em Parauapebas.

Prevendo que rapidamente o município ficaria sem estoque da vacina, o Departamento da Vigilância em Saúde da Semsa solicitou à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) mais 400 doses.

A quantidade a ser remessada pode ser inferior a outros meses, já que o Ministério da Saúde enviará doses extras a Estados onde o número de casos de febre amarela é grande, como Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo.

Apesar da quantidade atípica de vacinas, a Semsa novamente tranquiliza os cidadãos de que Parauapebas ainda não registrou nenhum caso da doença e sequer há caso suspeito. Isso porque a secretaria tem trabalhado intensamente para evitar que a febre amarela chegue ao município, localizado em área de risco por estar em região de floresta.

Pablo Oliveira do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.