Na manhã desta segunda-feira (14) alunos da escola Estadual Irmã Dulce que atualmente estudam em um prédio alugado, pelo motivo da escola ter sido interditado pelo Corpo de Bombeiros  desde 2013 por riscos de desabamentos.

A ocupação aconteceu após uma assembleia realizada na quinta-feira (10) pelos alunos e o conselho estudantil e o principal objetivo é chamar atenção das autoridades competente para que tome medidas que possam solucionar o problema.

Segundo os alunos, “sabemos do risco que sofremos em está ocupando um prédio que foi interditado por risco de desabamento, mas estamos tomando os devidos cuidados nas áreas de maior risco. Um mutirão de limpeza também foi organizado pelos alunos tendo em vista que a escola está “abandonada” desde 2013.

Na quarta-feira (16) os alunos irão protocolar um oficio junto ao Corpo de Bombeiros para que seja feito uma nova pericia no local.

Em conversa com a equipe do Portal Noticias de Parauapebas, Henrique Santos nos relata que.” A decisão de ocupação se deu por uma assembleia entre os alunos e o Conselho Estudantil da Escola Estadual Irmã Dulce, logo após uma cena de terror vivenciada pelos alunos, onde bandidos tentaram nós roubar e acabaram disparando dois tiros que por sorte não atingiu ninguém. Na escola não possui extintores, a escada é de apenas 80 cm, e no caso de emergência como o vivenciado não suporta o fluxo de alunos, as salas são apertadas, enfim não temos um local que possa atender a necessidade. O prédio da escola está interditado a mais de 3 anos e até o momento o governo não tomou nenhuma iniciativa, resolvemos ocupar de forma pacifica e ordeira, sem deteriorar o patrimônio publico, pelo contrario, estamos limpando a escola. Queremos apenas que o governo cumpra o seu papel e reforme a escola” finalizou.

Até o fechamento da matéria a Secretaria de Educação do Estado do Pará não havia se manifestado.

Pablo Oliveira da redação do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here