Empresário é preso por estupro e favorecimento à prostituição em Parauapebas

0
655

Russel Márcio Martins Rocha já era, de acordo com o apurado pela equipe da DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher), acostumado a manter relações sexuais com adolescentes seduzidas pela proposta de pagar até R$ 1 mil.

Mas desta vez a prática colocou Russel em situação difícil graças à denúncia feita por uma aluna que, convidada por uma colega a participar da orgia, denunciou à diretora da escola que de imediato comunicou o Conselho Tutelar e acionou a Polícia Militar.

A guarnição montou campana próximo ao motel onde o criminoso costumava levar as adolescentes, mas ele vendo o que o aguardava pediu para que as garotas descessem do carro.  As informações são da DEAM, relatando que após a fugado denunciado as garotas foram ouvidas e contaram tudo. O que motivou o pedido de prisão preventiva do acusado, que se encontra preso por estupro de vulnerável, já que uma tem apenas 13 anos; pela outra que tem 15 anos ele responderá por favorecimento à prostituição; crimes inafiançáveis.

Da Redação Noticias de Parauapebas – Francesco Costa

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.