Neste sábado (12) a Polícia Civil de Parauapebas através da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher- DEAM realizou a Prisão Preventiva em desfavor do nacional António dos Santos, de 59 anos de idade.

Antônio foi preso, por ser acusado de estuprar a própria neta de 10 anos de idade, após amarrar e pés da criança, realizar a conjunção carnal e causar lacerações na vagina da vitima, deixando-a sem poder andar direito por causa dos ferimentos e ainda ameaçou de comer seu coração frito caso sua neta contasse a alguém.

Com ajuda da equipe do plantão (IPCs Almeida e Priscila) o mandato foi cumprido e o agressor será encaminhado para o sistema penal e ficará à disposição da justiça. Ele responderá pelo crimes previstos nos Artigos 2017-A (ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos: pena – reclusão, de oito a quinze anos); e 147 (ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave: pena – detenção, de um a seis meses, ou multa), do Código Penal Brasileiro.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here