Por volta das 23h30min desta terça-feira (30), o jovem Daniel Silva Santos, 21 anos de idade, foi morto assassinado com 4 tiros, três na cabeça e um no ombro.  O crime aconteceu no interior do quarto da casa de madeira, na rua Tocantins, 29, bairro Altamira em Parauapebas.
De acordo com informações, a vítima se encontrava na casa de sua namorada já dormindo quando teria chegado ao local dois indivíduos desconhecidos, arrombaram a janela de acesso para a rua e após pularem para dentro da residência e se dirigiram até ao quarto do casal momento em que realizaram vários disparos contra Daniel Silva que morreu instantaneamente no local.
No local a reportagem apurou que a cerca de um ano Daniel Santos teria sofrido uma tentativa de homicídio.
De acordo com o policial que atendeu a ocorrência, “Recebemos as informações nos deslocamos para o local para averiguar a ocorrência, acionamos a Polícia Civil e IML para fazer o levantamento e remoção do corpo, frisou o policial.
Em desespero, a mãe da namorada de Daniel Silva,  chorava e contava que na hora do ocorrido teria  saído para dormir na casa do seu namorado quando recebeu a notícia que haviam matado seu genro, ela relatou que ao sair de casa deixou sua filha jantando com o namorado.
Disse ainda, que como de costume, todos os dias Daniel buscava a namorada na escola, e que há um ano atrás seu genro teria sofrido um atentado à bala, quando quatro pessoas, incluindo uma mulher em um veiculo amarelo atiraram contra seu genro, o deixando entre a vida e a morte.
Os assassinos arrebentaram a janela e pularam para dentro da casa dizendo serem policiais, e logo após o matarem, a dupla ainda teria tentado contra a vida de um adolescente, filho da dona de casa e cunhada da vítima que dormia no mesmo quarto. Por sorte não havia mais bala na arma. (Caetano Silva da redação do Portal Noticias de Parauapebas)

Comentários