DMTT agora usará bafômetros em blitzes em Parauapebas

2592

A Lei Seca completa 11 anos em 2019 com um impacto na segurança viária brasileira, mas especialistas ainda apontam brechas nessa legislação e com a falta de equipamentos em centenas de municípios do Brasil.

Em Parauapebas com a chegada de dois aparelhos bafômetro e no aguardo do terceiro, o Departamento Municipal de Transito e Transporte de Parauapebas – DMTT aguarda a vinda da Policia Rodoviária Federal – PRF para ministração de atualização para que o serviço seja iniciado.

As operações de LEI SECA ocorrerão ainda este mês e serão conjuntas com a Policia Militar. 

A multa para quem for pego dirigindo alcoolizado é alta. A infração gravíssima custa ao bolso do motorista R$ 2.934,70. Em caso de reincidência no período de um ano, o valor dobra. Além disso, o direito de dirigir é suspenso por um ano e o veículo fica retido até que outra pessoa habilitada o retire; quem se apresentar para retirar o veículo será submetido também ao teste do bafômetro.

A lei prevê ainda prisão de cinco a oito anos para acidentes com vítimas fatais em que o condutor estiver alcoolizado. O crime é inafiançável e não pode ser pago com medidas socioeducativas.

Comentários