Uma mãe resolveu denunciar o próprio filho, de 19 anos, por suspeita de ter estuprado a irmã dele, uma criança de apenas 8 anos, em Itariri, no interior de São Paulo. De acordo com a policia, o crime aconteceu no início de julho e o jovem foi preso na última terça-feira (17).

Segundo a mãe da menina, ela havia reparado uma mudança de comportamento da filha e chegou a questionar se havia acontecido algo, mas ela não respondeu. Dias depois, ela deixou a criança ir brincar na casa de um amigo, onde a menor contou a amiguinho o que estava acontecendo.

A mãe do colega ouviu a história e denunciou o caso ao Conselho Tutelar, que mandou representantes até a casa da família. Aos conselheiros, a menina disse que o irmão estava no banheiro e pediu que ela levasse um rolo de papel higiênico para ele, ao chegar no cômodo, o rapaz alegou que era uma “pegadinha” e a trancou dentro do banheiro com ele, onde a estuprou.

A Polícia Civil informou que o após a filha contar o caso aos conselheiros, a mãe registrou um boletim de ocorrência na delegacia. A criança passou por exames no Instituto Médico Legal (IML), que comprovam o abuso sexual. “Levava minha filha para todos os lugares comigo. Um dia que deixei ele fez isso”, disse a mãe da vítima à imprensa local.

Ainda segundo a polícia, o irmão foi preso na casa de um parente. Ele está em prisão temporária pelo crime de estupro de vulnerável. “Deixa ele preso para sofrer na cadeia”, desabafou a mãe da menina a um portal de notícias. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Itariri, e a criança passará por acompanhamento psicológico.