A cozinheira Maria Antônia Gonçalves de Almeida, 38 anos de idade, foi presa por volta das 19h30, da noite de quarta-feira (30), pelo Grupo Tático Operacional  (GTO), acusada de tráfico de entorpecente, após denúncia anônima de que ela estaria comercializando drogas na área de alimentação localizada na rua 13, conhecida por “Costa pra Rua”,  onde a acusada  trabalha.
De acordo com o sargento PM Menezes, a denúncia foi realizado  ao Centro de Controle Operacional ( CCO ) que por sua vez acionou a guarnição GTO, “fomos até o local indicado, mas o estabelecimento estava fechado, minutos depois recebemos a informação de que ela estava em sua  residência na rua Gaspar Viana, bairro Maranhão, chegando lá, prendemos a mesma com uma bolsa cheia de droga”, contou o policial.
Mediante o flagrante Maria Antônia foi apresentada na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, para o delegado plantonista Fabrício Andrade.
Ouvida pela reportagem do Portal Noticias de Parauapebas,  Maria Antônia  negou ser a dona da droga e ainda  disse que o entorpecente   havia aparecido em sua bolsa acusando os policiais de ter implantada a droga na mesma.
Caetano Silva do Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here