Na tarde desta quarta-feira (5) um senhor de 65 anos de idade, catador de latinha teve uma experiência um pouco inusitada, segundo informações o ancião se encontrava na área desabitada da 4° etapa do bairro Nova Carajás, procurando latinhas nos jogadas no local, quando de repente avistou um pé humano,  momento em que abriu o mato e se deparou com um corpo de uma pessoa do sexo masculino com os pés e as mãos amarradas com uma corda.
O copro estava sem camisa e estava trajando uma bermuda estilo sulista com listas nas cores pretas e amarelas. Pelo estado em que o cadáver estava tudo indica que já estava ali a pelo menos um mês.
Há também a suspeita que a vítima tenha sido morta em outro local levado de carro e em seguida  desovada naquela área.
O corpo estava  do lado direito da PA 275, altura de uma empresa de recapagem de pneu, sentido Parauapebas/Curionópolis, a 500 metros daquela rodovia  a 20 metros de um desvio entrando para o bairro  Nova Carajás.
Depois do levantamento de local de crime e perícia os retos mortais da vítima, foram removidos pela equipe do Instituto Médico Legal (IML), e encaminhado ao necrotério do Centro de Perícias Renato Chaves de Parauapebas.
Entretanto a cabeça da vítima não foi encontrada, levantando o indício de que a vítima tenha sido morta por encomenda  e que a cabeça dela tenha sido levada como garantia do serviço realizado.

 

Caetano Silva para o Portal Noticias de Parauapebas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here