Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Notícias Corpo de mulher gravida encontrado em rio é identificado pela família

Corpo de mulher gravida encontrado em rio é identificado pela família

Foi identificado pela família o corpo da mulher  encontrado na manha de domingo (10) boiando nas águas do córrego Ilha do Coco também conhecido por”Sebozinho”.
Na tarde de ontem (12) o cadáver que estava em adiantado estado de putrefação foi identificado por um irmão da vítima como sendo de Jaqueline Moura Barreto, 21 anos de idade. 
Os restos mortais de Jaqueline foi  sepultado no cemitério da Saudade no final da tarde de segunda-feira (12).
Até o presente momento os familiares não procuraram oficialmente a delegacia e tão pouco o IML, porém na tarde de terça-feira (12), a reportagem do Portal Noticias de Parauapebas esteve na resistência de dona Maria Elza Conceição Moura, 73 anos de idade, avó da vítima de Jaqueline, que estaria grávida do quinto filho.
De acordo com Maria Elza, sua neta havia saído de casa por volta das 11 horas, da manha de sexta-feira (8) e não mais voltou, “Ela pediu 10 reais para o pai dela dizendo que iria fazer uma viajem,  acho que nem almoçou, e logo saiu, era de costume ela sair e só retornar dois, três dias depois”, relatou a avó.
Dona Maria Elza ainda disse não conhecer com quem sua neta estava se relacionando amorosamente e  tão pouco o pai da criança que Jaqueline esta esperando e que só tomou conhecimento da morte da neta através de outro neto que entrou chorando em casa falando que tinham matado a Jaqueline.
“Ele foi no IML se informar e logo retornou afirmando que era verdade, ele reconheceu o corpo dela pela tatuagem com o nome  da primeira filha dela Sofia, e também teve a certeza que era ela. Espero que a polícia descubra a verdade pois para mim seria muito importante saber a verdade e tirar as duvidas de minha cabeça”.
A reportagem perguntou para dona Maria se ela  acredita que sua neta tenha morrido afogada, ela respondeu negativamente e frisou que Jaqueline não sabia nadar.
“Gostaria muito que nossas autoridades fizessem uma investigação minuciosa para descobrir o que realmente aconteceu, no momento não sabemos de nada da minha neta. Ela engravidou e não sabemos quem era o pai da filha que ela estava esperando, ela nunca foi de conversar com a família e contar seus problemas”, finalizou. (Caetano Silva da redação.)




Comentários

Must Read

Canil da Guarda Municipal de Parauapebas fará apresentação na Escola Benedito Monteiro

A Prefeitura de Parauapebas investe em segurança cidadã e as ações da Guarda Municipal (GMP) visam maior aproximação com a comunidade. São rondas escolares,...

TV Record: Parauapebas ganha mais uma emissora com qualidade digital

Está no ar oficialmente em Parauapebas, desde o meio dia de hoje, terça-feira, 23, a TV Record Belém. A emissora é retransmitida pela sua afiliada...

Governo decreta isenção de ICMS para instituições religiosas estabelecidas no Pará

Instituições religiosas estabelecidas no Estado do Pará, que queiram isenção do imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS) devem protocolar o pedido junto...

Helder anuncia concurso com 7 mil vagas para a Polícia Militar

O Governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou nesta segunda-feira (22) que o Estado deverá realizar um concurso público para a Polícia Militar, com previsão...

Bruno e Marrone, Damares e Eliana Ribeiro são as atrações para o ‘niver’ de Parauapebas

Parauapebas completa 31 anos de emancipação no dia 10 de maio e a Prefeitura de Parauapebas está se programando para realizar um dos maiores...

Comentários