Consumo eficiente ajuda na economia de energia elétrica

968

Minimizar os impactos dos ofensores do orçamento doméstico tem sido um desafio para milhões de brasileiros. Uma das medidas para alavancar a economia é garantir o consumo eficiente e racional de alguns itens que fazem parte dos gastos mensais. Entre eles está a energia elétrica. De acordo com a Celpa, é possível economizar energia fazendo o uso correto dos eletrodomésticos, adequando os hábitos do dia a dia e, assim, evitando os desperdícios.

Para ter uma ideia, os vilões nesse processo são os refrigeradores de ar, que podem representar até 40% da conta, seguido da geladeira, com a fatia de 30% do total, e a iluminação da casa, que chega em até 25% do custo mensal. Ainda entram para essa lista o ferro de passar roupa, a bomba d’água, o computador e o chuveiro elétrico, que representa de 25% a 35% dos gastos mensais com energia.

Conforme explica o líder da área de eficiência energética da Celpa, Hugo Cardoso, é importante que os cidadãos também estejam conscientes dos valores que gastam por mês com o uso de eletrodomésticos. “Um freezer, por exemplo, gasta R$ 113 por mês, se ligado durante 24h por dia. Vale destacar que esse valor é referente somente a energia, não estão embutidos aí os tributos, taxas e outros encargos”, diz Hugo.

A principal orientação na hora de comprar eletrodomésticos é que o consumidor verifique se ele apresenta no selo PROCEL/INMETRO de economia de energia, a indicação “A”. Isso indica que são os mais econômicos. No caso dos aparelhos de ar condicionado, os modelos antigos, sem o selo, tinham um gasto anual de R$ 1.040, quanto que os que possuem o selo essa quantia é de R$ 560.

 DICAS PARA ECONOMIZAR – Para casos em que o aparelho de ar condicionado fica ligado por longos períodos, é importante que possuam a função Inverter. Este sistema oferece maior eficiência, com o ajuste do compressor conforme a necessidade. Além disso, os filtros devem ser limpos periodicamente e as portas e janelas devem estar fechados durante o uso.

 

No caso da geladeira, a borracha deve garantir uma boa vedação e estar em boas condições de uso. Na iluminação residencial, deve-se priorizar as lâmpadas fluorescentes, pois são 80% mais econômicas e duram dez vezes mais que as incandescentes. O ferro de passar roupa deve ser utilizado com a temperatura indicada para cada tipo de tecido. A dica é deixar acumular as roupas para que sejam passadas tudo de uma vez.

 

Confira os gastos mensais com os eletrodomésticos:

 

ELETRODOMÉSTICO GASTO MENSAL
TV LCD R$ 6,62* se usado diariamente durante 5 horas.
Notebook R$ 2,23* se usado diariamente por 8 horas.
Lavadora de roupas R$ 6,30* se usado 12 dias por mês durante 1 hora.
Ferro elétrico 1200W R$ 7,46* se usado 12 dias por mês durante 1 hora.
Aspirador de pó R$ 3,33* se usado diariamente durante 20 minutos.
Geladeira de uma porta R$ 11,70* se usado diariamente durante 24 horas.
Forno micro-ondas R$ 6,49* se usado diariamente por 20 min.
*valores sem tributos, taxas e outros encargos. FONTE: PROCEL e INFOCELPA

SIMULADOR DE CONSUMO – Para observar o consumo de eletrodomésticos de uso residencial, o site da Celpa (www.celpa.com.br) disponibilizou um simulador de consumo. Nessa área do portal, é possível visualizar a planta de uma residência e indicar quais os eletrodomésticos que utiliza no dia a dia em cada cômodo, assim como o período de uso. A partir daí será gerada uma estimativa da quantidade de kWh consumidos no mês de acordo com a potência de cada aparelho.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui