Cerca de 250 mil paraenses ainda não se regularizaram com a Justiça Eleitoral e têm uma última chance até a próxima quarta-feira (9). O prazo é para quem não conseguiu fazer seu recadastramento biométrico nos municípios em que a revisão era obrigatória e teve o título cancelado. Após esse prazo, os eleitores irregulares só poderão tirar um novo título em novembro, quando o cadastro reabrir, tendo que pagar multa pela não participação nos pleitos de 2018, além de perderem diversos direitos, como nomeações em concursos públicos.

Sem a quitação eleitoral, o cidadão não poderá tirar passaporte, assumir cargo público ou pegar empréstimos em bancos públicos e ainda pode ter transtornos no recebimento de benefícios sociais, como a Bolsa Família, o Seguro Defeso, a aposentadoria, entre outros. Os agendamentos podem ser feitos pelo site do Tribunal Regional Eleitoral: http://www.tre-pa.jus.br.

Em Parauapebas o cartório eleitoral fica localizado na rua D Ltsº 26 e 27 no bairro Cidade Nova.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here