Após módulos de formação com foco em Língua Portuguesa e Matemática, o Ministério da Educação (MEC) optou por expandir o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) para as demais áreas do conhecimento. O novo ciclo de capacitação enfatiza a alfabetização multidisciplinar. Em Parauapebas, o segundo ciclo de formação, com foco em Matemática, encerrou em dezembro de 2014, tendo alcançado 429 educadores, com mais de 11 mil alunos beneficiados. A nova etapa de formação, que deverá atender um número maior de educadores, começou agora em setembro e se estende até janeiro de 2016. Artes, Ciências da Natureza e Ciências Humanas são alguns dos temas que estão sendo trabalhados com os professores.

Na rodada de formação realizada no último sábado (19), pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram educadores que lecionam para os 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental. Segundo a coordenadora municipal do Pacto, Rosinalva Alves, os educadores têm participado ativamente das formações e os resultados são satisfatórios. “Quase cem por cento dos professores dos ciclos iniciais participam das formações e o resultado de todo esse trabalho pode ser visualizado em nossos índices de aprendizagem. Dos nossos 3.916 alunos do 3º ano, 87% estão alfabetizados e, até a conclusão do ano letivo, pretendemos universalizar esse índice”, afirma a coordenadora.

De acordo com Edson de Oliveira, um dos orientadores de estudo municipal, o Pacto amplia o conhecimento que o município já tem em relação às formações continuadas. “O programa trouxe aprofundamento e ampliação do conhecimento docente, seja metodológico, linguístico, matemático ou mesmo dos outros componentes curriculares. Em 2015, trouxe a questão da interdisciplinaridade, com conexão entre os componentes curriculares. São temáticas que estão em alta e são resignificadas com a ampliação do conhecimento docente”, ressalta.

Jozelina Soares Lima é uma das professoras da rede municipal de ensino beneficiadas com as formações do Pacto desde a primeira etapa, iniciada em 2013. Atualmente, leciona para uma turma de 3º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Irmã Laura. Ela afirma que os resultados obtidos são muito positivos.

“O Pacto me proporcionou a aquisição de novos conhecimentos e melhorou minhas práticas em sala de aula. Alguns de meus alunos apresentavam bastante dificuldade na aprendizagem de Matemática, mas com o uso do material disponibilizado e confeccionado, inclusive jogos, a aprendizagem fluiu. O desempenho deles hoje é outro, muito melhor”, observa Jozelina.

Para a professora Ana Cleide da Silva Leal, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Machado de Assis, um dos grandes diferenciais do Pacto é justamente a metodologia utilizada. “Essa iniciativa nos dá a possibilidade de apresentar o conteúdo às crianças de forma mais gostosa, com materiais concretos. Assim, elas se interessam mais e aprendem brincando”, enfatiza a educadora, que leciona para os pequenos estudantes do 1º ano do ensino fundamental.

SOBRE O PNAIC

Criado em 2012, o Pnaic busca assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade (3º ano do ensino fundamental). A metodologia do programa propõe estudos e atividades práticas para atualizar ou aprofundar a formação dos alfabetizadores da rede pública.

Textos e fotos: Messania Cardoso – Semed

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here